Circuito Araguaia do Projeto Mala de Cinema

A grande maioria do povo brasileiro não dispõe de sala de cinema em suas cidades. Em todo o país, há uma geração que nunca assistiu a uma exibição, a não ser pela televisão. E outros milhares não vêem filme em tela grande há décadas.

Anualmente, nesse país de mais de 190 milhões de habitantes, os cinemas vendem mais ou menos 80 milhões de ingressos: cerca de meio bilhete por habitante/ano, comprados por apenas 6% da população. Esses dados oferecidos pelas empresas de distribuição e exibição de filmes comprovam que o cinema também é fator de exclusão no Brasil.

Na tentativa de amenizar tal conjuntura, o Projeto Mala de Cinema está se propondo percorrer as regiões mais isoladas do Brasil, com o objetivo de formar platéia através da exibição de obras relevantes do cinema nacional, com o apoio de material didático para os professores das escolas públicas. O cinema se constituindo em instrumento pedagógico na formação do adolescente, de baixa renda, desenvolvendo o seu senso crítico e estético.

É o Circuito Projeto Mala de Cinema, que começa pela região do Araguaia, nos meses de agosto e setembro de 2013 e pretende percorrer 14 municípios, realizando exibições públicas de cinema, oficinas para os professores e também deixando, em cada cidade que passar, um pequeno acervo cinematográfico com as Malas de Cinema.

Quem quiser saber mais sobre Projeto Mala de Cinema pode acessar o link: http://www.maladecinema.com.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *