Começa neste sábado (25), a 2ª Cúpula das Comunidades de Estados Latino-Americanos e do Caribe (Celac)

O evento discutirá temas como a fome e a pobreza no continente e estratégia conjuntas latino-americanas para superá-los

Dentro das celebrações do aniversário de 151 anos de José Martí, acontece em Havana, do dia 25 a 29 de janeiro, a 2ª Cúpula das Comunidades de Estados Latino-Americanos e do Caribe (Celac).

O evento discutirá temas como a fome e a pobreza no continente e estratégia conjuntas latino-americanas para superá-los. Será elaborada uma declaração oficial dos países ao fim da cúpula.

O presidente equatoriano Rafael Correa afirmou que está muito confiante com os rumos que podem ser traçados na reunião, sublinhando que os países latinos devem “criar suas próprias instâncias” e abordar, sem interferência norte-americana, temas como os direitos humanos e a liberdade de expressão.

A presidenta Dilma Rousseff confirmou presença no evento. Depois da reunião em Davos, Dilma segue para Havana onde deve se reunir com Raul Castro para discutir acordos entre Brasil e Cuba antes da cúpula.

Criada em 2010 no México, a CELAC reúne os 33 países do continente americano, exceto os Estados Unidos e Canadá, e foi considerada por Fidel Castro como “o sucesso institucional mais importante de toda a região”.

Fonte: Brasil de Fato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *