Domingo de Ramos na comunidada Manah foi um dia especial

Dia 13 de Abril foi um dia de muita festa no Projeto Assentamento Manah, além da celebração da missa de Ramos organizada pela Associação de Mulheres Agricultoras Sindicalizadas (AMAS),  aconteceu também o lançamento do livro “Dez Mulheres Muitas vidas” dos autores Scheilla Gomes e Adenor Gondim.

por Dandara Morais

Canabrava do Norte-MT – Na cerimonia de lançamento do livro, foi realizada a leitura do poema “Estas mulheres feitas de palavras são árvores”, de Nancy Cardoso Pereira, teólogo metodista.

DSC09142

Raimunda e Ivanildes ao lado dos companheiros de vida, Placides e Joaquim.

Maria Ivanildes e Raimunda Alves, são as mulheres do Araguaia, que tem suas histórias contadas no livro.  Juliana Evangelista, agente da Comissão Pastoral da Terra (CPT), que participou da celebração e lançamento do livro diz  “foi um momento de intensa emoção, muito entusiasmo e motivação para vida”.

Dona Raimunda agradeceu as companheiras e dedicou a elas este momento “ofereço este trabalho a todas as mulheres do Grupo AMAS”.  Dona Ivanildes foi sucinta ao expressar sua emoção “agradeço a todos os presentes, estou muito feliz de estar aqui com vocês”.

Livro Dez Mulheres Muitas Vidas

Juliana Evangelista comenta que sendo agente da CPT há 3 anos, acompanhando as lutas e dificuldades do grupo AMAS, ver elas tendo suas histórias contadas em um livro é muito gratificante “é a vida de gente que luta todos os dias, do nascer até o por do sol, e com uma alegria contagiante, tinha mesmo que virar história”diz.

Fotos: Juliana Evangelista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *