São Félix do Araguaia se despede de sua filha Marly Carvalho Siqueira

Por Vanessa Lima, com edição de Maíra Ribeiro

São Félix do Araguaia (MT) perdeu uma de suas filhas, Marly Carvalho Siqueira, no dia 30 de maio de 2014, por volta das 20h30min na capital do estado, Cuiabá. Marly foi encaminhada para Cuiabá com urgência devido à sangramentos eliminados pela boca, sob a forma de vômitos, possivelmente causados pelo rompimento de vasos no esôfago. Em Cuiabá, ela não resistiu e faleceu.

A notícia do falecimento da dona Marly foi recebida com muita tristeza pela população de São Félix do Araguaia. Um exemplo de “Mulher de Luta” e guerreira, era uma pessoa especial de garra inacreditável em diversos âmbitos e nas lutas sociais. Sua presença foi marcante em todas as lutas, às quais imprimiu uma marca indelével de compromisso radical com a democracia e por isso será sempre lembrada.

Dona Marly contribuiu por muito tempo nos trabalhos realizados pela Associação Nossa Senhora da Assunção (ANSA), entidade da Articulação Xingu Araguaia (AXA). Na luta pela saúde das pessoas quando era agente comunitária, foi exemplo para população, colegas e amigos, pois sua alegria e serenidade permaneceram até o ultimo momento. Em 2013, realizou mais uma conquista, formando-se no curso de ciências biológicas.

Marly era casada com Lázaro Organ Siqueira e deixa três filhos e sete netos. O corpo foi velado na Câmara Municipal de São Félix do Araguaia e sepultado na manhã do dia 02 de junho de 2014.

Fonte: O Repórter do Araguaia com edição da AXA.

Imagem: Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *