Reaberto período de inscrições para curso de Especialização em Educação do Campo no campus Confresa

O Instituto Federal de Mato Grosso torna público que foram reabertas até o dia 19 de fevereiro de 2015 as inscrições para o Processo Seletivo do Curso de Especialização em Educação do Campo, no Campus Confresa, conforme o Edital 004/2015. São ofertadas 60 vagas. As inscrições são gratuitas.

por Assessoria de Comunicação Social do IFMT campus Confresa 

Para se inscrever é necessário possuir ensino superior completo e apresentar Curriculum Lattes/ Curriculum Vitae atualizado com apresentação dos documentos comprobatórios. O candidato deve preencher o formulário de inscrição, que consta no anexo 01 do edital nº 004/2015 – Processo Seletivo para Especialização em Educação do Campo 2015/1 e entregar no Setor de Registro Escolar do Campus Confresa juntamente com os documentos elencados no referido edital, até às 19:00 horas do dia 19  de fevereiro de 2015.

De acordo com a errata 001/2015, no dia 20 de fevereiro, o IFMT disponibilizará para os candidatos a confirmação de inscrição, contendo nome e número de inscrição, no endereço eletrônico – www.cfs.ifmt.edu.br

A prova também será realizada em nova data, ou seja, 01 de março de 2015, às 08 horas,  nas dependências do campus Confresa. A prova constará de 20 questões objetivas e análise de curriculum. A relação dos candidatos selecionados e classificados, obedecendo ao limite de vagas, será divulgada no dia 06 de março de 2015, no endereço eletrônico – www.cfs.ifmt.edu.br e www.processoseletivo.ifmt.edu.br

As matrículas serão efetuadas na Secretaria Geral de Registro e Documentação Escolar do Campus Confresa, de 09 a 13 de março de 2015, das 08 às 22 horas (horário local). No caso de vagas não preenchidas, após o término da matrícula da 1ª chamada, o IFMT divulgará uma 2ª chamada, no endereço eletrônico – www.cfs.ifmt.edu.br, contendo os nomes dos candidatos classificados que deverão fazer a sua matrícula na data indicada na relação de 2º chamada.

Confira o Edital 004/2015 e errata.

Fonte e imagem: Instituto Federal de Mato Grosso

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *