Aqui passava um rio…

A cada ano ouvimos relatos de Aumento na temperatura e diminuição dos mananciais. As nascentes que eram perenes não são mais, os rios que antes eram profundos, agora atravessamos caminhando no período de estiagem…

Quando chegam as chuvas e os brotos começam a verdejar a paisagem, tendemos a nos esquecer da cor de carvão e devastação provocados pelas queimadas que chegam na época da seca extrema.

Abaixo estão as linhas gráficas que apresentam os focos de queimadas no período de 2008 a 2017 nas cidades do Araguaia. Algumas estiveram presentes na lista dos 30 municípios que mais queimaram em todo o Brasil.

Gráfico com informações sobre focos de calor no período de 2008 a 2017 entre os meses de julho a novembro – Sistematização: Liebe Lima – Fonte: Portal do Monitoramento de Queimadas e Incêndios/ Disponível em http://www.inpe.br/queimadas. Acesso em: 06/11/2017.

O que isso significa?

A inexorável deterioração e desertificação dos solos, que ao longo do tempo se tornam improdutivos, assim como a destruição da fauna e flora que compõe o equilíbrio dos ecossistemas que vão sumindo, raleando até a completa extinção.

Será que esse momento está longe de acontecer?

Você tem observado grandes mudanças na paisagem da sua região em pouco tempo?

Será que os recursos da terra são inesgotáveis?

Será que haverá água e alimentos para os nossos netos e bisnetos que estarão aqui em 2050?

Será que podemos trabalhar pela sustentabilidade da vida?

Reflita…

 

São pequenas atitudes no dia a dia que geram grandes mudanças…

No ano que vem contribua para extinguir os focos de incêndios no seu município.

Como?

Se você mora na cidade não queime as folhas do seu quintal: Faça uma compostagem para adubar seus plantios. Incremente com o lixo da cozinha.

Se você mora no Campo, ou assentamento, reúna seus vizinhos para se organizarem com antecedência e conversar com os gestores e prefeitos da sua cidade para realizar os aceiros em áreas estratégicas para evitar incêndios. Juntos somos fortes.

Consulte e respeite o período proibitivo de uso do fogo na sua região em caso de área rural. Já na cidade o fogo é só para cozinhar…sempre!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *