Fazendo aceiros prevenimos as queimadas

Por Liebe Lima/AXA

Com o fim das chuvas, chegam o estio e as vazantes dos rios na Amazônia. A Região Xingu Araguaia tem duas estações que marcam os extremos das cheias e do estio. O controle das queimadas que se alastram nas secas são um desafio que a cada ano se torna maior, com o grande aumento dos focos de calor que vem acontecendo nos últimos anos. Em 2017 tivemos recorde em focos de calor na região e, segundo o INPE, foi o ano mais quente sem a presença do El Ninõ, desde que as temperaturas passaram a ser medidas em 1880.

Estes são indicativos dos impactos das mudanças climáticas em nosso cotidiano e é preciso que haja uma tomada de consciência de toda a população em torno da prevenção de incêndios.

É tempo de fazer os aceiros e na seca que vem chegando, antes de riscar o fósforo, conte até três!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *