Um dia eu fui cerrado!

Por Liebe Lima/AXA

As pressões para os territórios de cerrado e floresta se transformarem em monoculturas avançam, as ameaças sobre as legislações que protegem a terra e os povos que vivem dela se vêem cada vez mais frágeis e flexibilizadas em nome de um desenvolvimento que se sustenta até o momento que tudo acaba, é insustentável. Segundo o Atlas do Agronegócio, em torno de 54% do cerrado já foi derrubado.

Faltam 46% do bioma  para você, eu e todos nós cuidarmos. Os serviços ambientais que ele presta é insubstituível. É um patrimônio de todos os seres vivos, é o berço e nascedouro das águas.

Cuide você também do cerrado e suas nascentes antes que seja tarde demais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *