Fernanda, uma pessoa iluminada!

No dia 25 de fevereiro nossa querida Fernanda fez sua Páscoa para a morada definitiva. Ela e seu esposo Rodolfo, mais conhecido como Cascão, foram agentes de pastoral da Prelazia de São Félix por vários anos. Vindos de São Paulo, aqui chegaram em 1977, integrando-se à equipe de Porto Alegre do Norte. Inicialmente, realizaram um trabalho de acompanhamento da situação precária em que viviam os peões das fazendas. Fernanda trabalhou nos anos oitenta na pastoral da terra, no regional Araguaia-Tocantins. O trabalho de Fernanda e Cascão sempre foi marcado pelo envolvimento artístico e cultural. Organizaram o primeiro grupo de teatro regional, o Grupo Arroz com Abóbora e, depois, o Araguaia Pão e Circo. Várias peças foram encenadas, entre elas“Meu padim segura o tacho que a quentura vem por baixo”. O grupo era composto por pessoas da região, formadas para a arte teatral por eles. As peças alcançaram grande sucesso, sendo apresentadas também no sul do Pará e em Goiânia. Em 1986, Cascão foi eleito prefeito de Porto Alegre do Norte e Fernanda organizou uma excelente biblioteca, a primeira da cidade. Entre os muitos trabalhos realizados por ela, destacamos o grupo popular de redação de notícias para o jornal Alvorada. Este grupo era composto por pessoas mais letradas e menos letradas e Fernanda, nas reuniões do grupo, incentivava a que todos participassem da redação das notícias, numa verdadeira oficina de elaboração coletiva. Fernanda sempre foi movida por uma grande fé na capacidade do povo e nunca se deixava abater diante das dificuldades, sempre procurando alternativas para os desafios que apareciam.E fazia isso com paixão, sempre animada e alegre.

O trabalho desenvolvido por Cascão e Fernanda desagradou os poderosos da região que, covardemente, praticaram dois atentados contra eles: atearam fogo na casa durante a noite quando a família dormia. Nessa época, o casal tinha uma filhinha e o segundo bebê estava a caminho. Depois, a violência se concretizou na tentativa de assassinato à luz do dia, quando, por milagre, eles não morreram pelas balas desfechadas pelos pistoleiros. Diante disso, Cascão, Fernanda e os filhos se retiraram da região, trabalhando, ultimamente, em Belo Horizonte com o grupo de Arte e Mobilização Social Parangolé.

Ao Cascão, Janaína, Gilberto e Danilo, nossa gratidão pela vida doada ao Reino aqui em nossa Prelazia. À Fernanda, agora na Luz, o pedido para que nos acompanhe sempre e não nos deixe esmorecer diante das dificuldades!

Compartilhamos a mensagem de D. Pedro Casaldáliga e um poema feito pelo Pe. Paulo Gabriel em homenagem à Fernanda:

A Páscoa da Fernanda

por Pedro Casaldáliga

Para muitos e muitas dirigentes da caminhada a figura de Fernanda é um testemunho de fidelidade num processo de engajamento da vida, aquela mulher forte, sensível, criativa, assumindo causas e compromissos, provações e esperanças.

Para a Prelazia de São Felix do Araguaia, Fernanda já é uma memória histórica, um exemplo de vida pela Vida. Com Cascão e os filhos e familiares, com tantas amizades conquistadas no dia a dia, nos mais diversos ambientes.

Agitada, sempre programando, agora ela chegou à realização.

É a Pascoa da Fernanda. Mesmo na dor da despedida, é a Páscoa da Fernanda.

Para Cascão e filhos todo o nosso carinho, com toda a nossa Esperança. Com uma saudade, total. Seguimos, com a Fernanda infinitamente próxima da nossa saudade, no Deus da Vida e do Amor.

Fernanda

por Paulo Gabriel

Serena

a tarde definhava lentamente.

No horizonte gaivotas penduradas no espaço

confirmavam com seu voo leve que a vida pode ser eterna.

 

Houve cantos

e o amor feito mel puro

se espalhava pelo espaço adoçando a dor.

 

Palavras verdadeiras foram ditas

e uma luz irradiava de teu corpo tão ferido.

Tua luz!

 

Na alma de todos a tua alma irmã

E, se houve lágrimas, foram de amor e de saudade.

 

Venceste a tristeza com teu jeito livre

viveste com sentido num tempo atroz

semeaste no coração de todos a indignação e a alegria.

 

Em teus olhos

a utopia possível do amor sem cadarços nem mordaça

o amor puro divinizado no encontro

corpo e alma irmanados no abraço.

A comunhão perene como desejo infinito.

 

E por que agora nossos olhos não mais te veem

nossas almas tocam teu rosto tão humano

definitivamente vivo no amor que de enxurrada semeaste.

 

Fonte: Jornal Alvorada

Imagem: Prelazia de São Félix do Araguaia

 

One thought on “Fernanda, uma pessoa iluminada!

  1. Silvia Maria Rodrigues

    Cada testemunho como este nos enche de gratidão pela nossa igreja e as nossas comunidades.
    É um verdadeiro bálsamo para nossas almas e alimento para a caminhada. são flores no jardim da nossa existência. E que Deus é infinitamente maior e seu amor sem igual em relação aos nossos algozes e amantes da tirania. Eles pensam que vencem mas a cada dia se tornam mais pequenos e derrotados. Viva a vida, o amor, a solidariedade, a partilha e a esperança de que um dia tudo sera diferente. Paz e luz a Fernanda. E a afamilia os meus sentimentos. E Jesus que diz: Aquele que crer em mim e na vida, ainda que morra vivera.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *