audio

Episódio 9 – Os rios são artérias da terra aqui

 

Eles são as artérias da terra, assim como as veias que correm em nossos corpos, e eles estão ficando doentes e morrendo, assoreados com as terras que descem para os seus leitos, pelo desmatamento das suas margens.

Os peixes que são alimentos, dádivas gratuitas para quem vive a beira dos grandes rios que ainda não morreram, estão desaparecendo gradualmente, por causa da pesca predatória que não dá o tempo necessário para os estoques de peixe se reabastecerem.

A retirada de água e abertura de canais para a irrigação de grandes lavouras ás suas margens, estão exaurindo a capacidade das nascentes reabastecerem o volume de água que dá equilíbrio a todos os ecossistemas do seu entorno.

O despejo de agrotóxicos que escorrem para o seu leito através das chuvas que caem nas lavouras, estão envenenando as águas que consumimos.

As mineradoras estão despejando os seus dejetos e matando bacias inteiras quando as barragens se rompem.

Se cada um de nós contribuirmos com a preservação dos rios e mananciais, começando por nós mesmos, cercando as nascentes para que o gado não a pisoteie, pelo cuidado com o lixo que deixamos ou jogamos quando visitamos as praias ou cachoeiras, apoiando movimentos que trabalham pela sua preservação, denunciando crimes ambientais ou mesmo dialogando sobre esse tema com as pessoas próximas de nós, sim, poderemos mudar a realidade de descaso que tem ocasionado a morte dos rios.

Com as nossas ações estamos matando o que nos dá a vida.

Vamos arregaçar as mangas para proteger os nossos rios e mananciais?