Arquivo da Tag: Agroecologia

Em 2019 seguiremos juntos!

Por Articulação Xingu Araguaia – AXA Mais um ano chegou e em 2019 continuamos a ser desafiados pelo propósito de buscar na terra a sabedoria e a força necessária para continuarmos plantando, semeando e fazendo a colheita de nossos esforços. A Articulação Xingu Araguaia – AXA reitera o compromisso com os ideais de promover os Continue lendo…

A Paisagem que não volta

Por Articulação Xingu Araguaia Quando o asfalto vem ele traz consigo o desenvolvimento e leva para sempre a paisagem na qual crescemos e nos acostumamos a passar mapeando os pés de frutas, as moitas de cagaita e mangaba que tem aos montes nos cerrados do Araguaia. Dia desses a gente olha e as frutas, as Continue lendo…

Ações que fazem girar temas de solidariedade e inclusão no Xingu Araguaia: III Mostra de Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente e I Feira Regional de Economia Solidária e Agricultura Familiar em Confresa, MT.

Por Liebe Lima/AXA Colaboração de Ana Claudia Timóteo Clique na foto abaixo para ver a galeria de imagens do evento: ” order_by=”sortorder” order_direction=”ASC” returns=”included” maximum_entity_count=”500″]      A cidade de Confresa na porção nordeste do Mato Grosso, quase divisa com o Estado do Pará, é um município com um território de 5.801,945 Km², dos quais, Continue lendo…

I Feira Agroecológica do Grupo de Mulheres no PA Dom Pedro: Construindo o mundo que queremos

Por Liebe Lima/AXA Com a colaboração de Ana Cláudia Timóteo do PA Dom Pedro A I Feira Agroecológica no PA Dom Pedro nasceu pela iniciativa do Grupo de Mulheres que se organizaram para fazer acontecer esse primeiro grande encontro para comercializarem sua produção e eliminar gargalos de comercialização dos produtos locais da agricultura familiar, que Continue lendo…

Povo Xavante de Marãiwatsédé: Soberania alimentar se planta e colhe.

  Por Liebe Lima/AXA Neste vídeo da série Tem? O que é que tem? “A Cacica da Aldeia Madzábdzé Carolina Rewaptu, da TI Marãiwatsédé, nos conta como estão trabalhando em busca da sustentabilidade em seu território. A TI Marãiwatsédé do Povo Xavante está localizada no divisor de águas entre as bacias dos Rios Xingu e Continue lendo…

Agroecologia é tema de curso no Xingu Araguaia

Por Liebe Lima/AXA Colaboração de Clarice Carmo do PA Dom Pedro Seu João do PA Dom Pedro, Dona Valdívia do PA Independente I e dona Cleusa do PA Macife são agricultores/coletores de sementes e se tornaram referência por terem feito muitos plantios em seus lotes e hoje estão colhendo os frutos do trabalho com a Continue lendo…

Protagonismo das mulheres no PA Dom Pedro em São Félix do Araguaia

  Por Liebe Lima/AXA Colaboração de Clarice Antônia Carmo e Ana Cláudia Timóteo com imagens e acompanhamento da atividade na comunidade. Dia 19 de setembro foi dia das mulheres que residem no PA Dom Pedro em São Félix do Araguaia se reunirem para mapear suas habilidades e se fortalecerem, para juntas, buscar alternativas para comercializar Continue lendo…

Filosofia na Região Xingu Araguaia: Mais um capítulo na sua história de resistência e luta pelo bem viver.

Por Liebe Lima/AXA Disseminar notícias e histórias de aboiar pessoas para uma eterna vida de gado, numa terra com mais bois que gente, tem sido uma prática recorrente para fazer prevalecer a dominação histórica dos donos da terra sobre aqueles que subsistem e resistem, mesmo com a negação diária aos seus direitos básicos sobre a Continue lendo…

Aqui se pensa e aqui se faz!

Por Liebe Lima/AXA Para pensar sobre conceitos que permeiam a realidade de quem vive e luta pela terra, o Curso de Educação Popular: Do Senso comum à conscientização, foi proposto pela Articulação Xingu Araguaia – AXA e ministrado por professores da Universidade Federal Fluminense – NuFiPE em São Félix do Araguaia, MT nos dias 30, Continue lendo…

Um mundo de sementes mortas?

Por Liebe Lima/AXA Em 2003 a soja transgênica foi liberada no Brasil. Para aprovar a lei dos transgênicos, justificou-se que introduzindo novas tecnologias na agricultura seria a única forma de ampliar a produção e reduzir o desmatamento e o uso de pesticidas. O que demonstra o estudo de pesquisadores da Embrapa publicado em 2017 no Continue lendo…