Arquivo da Tag: Direitos Humanos

Sem água não se planta

  Os quintais produtivos são essenciais para a segurança alimentar das famílias que vivem na terra. No Projeto de Assentamento Casulo Vida Nova I e II, em Alto Boa Vista, MT, a água é racionada, pois chega de caminhão pipa duas vezes por semana e é insuficiente mesmo para as necessidades básicas dos moradores que Continue lendo…

Água, um bem comum: Para os PAs Casulo Vida Nova I e II ela ainda precisa chegar

Por Liebe Lima/AXA “Nós não temos água potável! A potável que chega aqui vem de caminhão ou de trator e nós não sabemos a condição que ela circula naquele tanque. Ele pega lá na mina e sai distribuindo para cada produtor na sua parcela, mas aqui a questão é a seguinte: às vezes vem uma Continue lendo…

Filosofia na Região Xingu Araguaia: Mais um capítulo na sua história de resistência e luta pelo bem viver.

Por Liebe Lima/AXA Disseminar notícias e histórias de aboiar pessoas para uma eterna vida de gado, numa terra com mais bois que gente, tem sido uma prática recorrente para fazer prevalecer a dominação histórica dos donos da terra sobre aqueles que subsistem e resistem, mesmo com a negação diária aos seus direitos básicos sobre a Continue lendo…

A Agricultura Familiar no cardápio da Região Xingu Araguaia

Por Liebe Lima/AXA Na Região Xingu/Araguaia as feiras livres são os espaços tradicionais onde os produtos da agricultura familiar podem ser acessados pela população. A produção é muito diversificada e vai desde as frutas sazonais disponíveis na região como a mangaba, murici, cagaita, pequi, bacaba, goiaba, caju, manga, buriti, babaçu para produzir farinha e óleo, Continue lendo…

“Dividir para conquistar”

Por Liebe Lima/AXA A velha estratégia de guerra com o lema: “Dividir para conquistar” tem sido muito utilizada para colocar os povos que vivem da terra para se confrontarem e, com a desmobilização social causada por esses conflitos, camponeses e indígenas permanecem na mira de um sistema social que lhes nega direitos constitucionais básicos. A Continue lendo…

Para onde a BR 158 vai?

Por Liebe Lima/AXA A um ano atrás, aproximadamente 200 indígenas do Povo Xavante de Marãiwatsédé desembarcavam no Distrito de Alô Brasil, município de Bom Jesus do Araguaia, MT, para participar de Audiência Pública, onde reivindicaram o desvio no traçado da BR 158 que atualmente atravessa a terra indígena. Na sua passagem, a estrada vai acentuando Continue lendo…

Nota da Prelazia de São Felix do Araguaia sobre a ordem de prisão contra o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.

Fonte: Prelazia de São Félix do Araguaia A Prelazia de São Félix do Araguaia com o seu Bispo Dom Adriano Ciocca Vasino, o Bispo Emérito Dom Pedro Casaldáliga e agentes de pastoral (leigas e leigos, religiosas e religiosos), vem, por meio desta nota, unir-se aos clamores em defesa da Democracia, pela superação das desigualdades. Em Continue lendo…

Leis de diretrizes Orçamentárias: um exercício de cidadania e controle social

  Por Liebe Lima/AXA A atual política distributiva de recursos e acesso aos bens de necessidades básicas para o bem viver das pessoas, tem gerado na sociedade brasileira, o aprofundamento da desigualdade, tornando-a abismal, na medida em que se abre mão de recursos para investimentos nas áreas básicas de interesse social e os desviam para Continue lendo…

“Fica Pedro”: Livro sobre a vida de Dom Pedro Casaldáliga será lançado em novembro

O lançamento acontecerá no próximo dia 11, no Museu Histórico de Mato Grosso, em Cuiabá. A entrada é gratuita. Fonte: FolhaMax Após um longo período de pesquisas em livros, endereços virtuais, quilômetros percorridos entre buracos e estradas, o dramaturgo, ator e videasta, Luiz Carlos Ribeiro, o diretor da Cia Cena Onze de Teatro e membro Continue lendo…

NOTA PÚBLICA: Quem vai deter a violência contra as comunidades camponesas?

A Coordenação Executiva Nacional da Comissão Pastoral da Terra (CPT) divulga Nota Pública sobre os diversos conflitos recentes no campo. Em dois dias três pessoas foram mortas, inúmeras ficaram feridas, lideranças foram presas, mandantes de crimes absolvidos e diversas comunidades a mercê de despejos e violências do Estado, do latifúndio e da Justiça. Confira o Continue lendo…